Últimas Notícias
Capa / Colunistas / Cefas Luiz - Conecte / Jovem cria drone ambulância e aquece discussão sobre veículos não tripulados!
Jovem cria drone ambulância e aquece discussão sobre veículos não tripulados!

Jovem cria drone ambulância e aquece discussão sobre veículos não tripulados!

Hoje em dia quase todos os dias vemos uma nova função aos famosos drones, amigos de uns inimigos de outros brinquedo para outros, o que não da pra negar é que cada vez mais estes “robozinhos” chegaram pra ficar, um jovem chamado Alec Momont atualmente morador de Lovaina – Bélgica formado em Engenharia Industrial acredita que com um drone ambulância reduziria consideravelmente as mortes por paradas cardíacas.

Segundo pesquisas A cada ano, cerca de um milhão de pessoas na Europa sofrem de uma parada cardíaca. Apenas 8% sobrevive devido à lentidão no tempo de resposta dos serviços de emergência. A ambulância-robô é capaz de salvar vidas com um desfibrilador integrada. O objetivo é melhorar a infra-estrutura existente de emergência com uma rede de drones. Este novo tipo de drones pode voar a mais de 100 km/h, e chega ao seu destino dentro de 1 minuto, em um raio de 12km  o que aumenta a chance de sobrevivência de 8% para 80%! Este robô dobra-se e torna-se uma caixa de ferramentas para todos os tipos de suprimentos de emergência. Implementações futuras também servirá outros casos de uso, tais como afogamento, diabetes, problemas respiratórios e traumas.

Veja abaixo algumas fotos e um vídeo que mostra o funcionamento do Drone Ambulância!
E você o que acha? Vale ressaltar que até o momento ainda não existe uma legislação para drones no Brasil portanto eles não são proibidos e seguem regras de aeromodelismo mas isto é papo para uma outra hora!

Sobre Cefas Luiz

Cefas Luiz

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>